quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Livro: Uma vida escondida entre os livros

Oi pessoal...

Vou contar um pouco desse livro pra vocês.
Na verdade o que mais me chamou a atenção foi a capa, segundo, adoro livros que contam de livros e livrarias (aceito recomendações), terceiro o nome da protagonista... Loveday.
É um livro que te leva pro friozinho do inverno, dá vontade de ler de baixo do edredom e com uma xícara de café, mesmo que você não tome café, como no meu caso kkkk.

Loveday é uma protagonista cativante, que trabalha numa livraria depois de uma infância difícil, em orfanatos, parece ter encontrado a paz de espírito. Mas tudo muda, durante o percurso da sua casa para a livraria. Encontra um livro perdido, que consequentemente, a faz conhecer o Nathan.  Pelo meio, surge um mistério por desvendar, um romance agridoce (para não chamar outra coisa) e muitas noites de poesia.



Sinopse
Era uma vez uma garota que confiava os seus segredos aos livros...
No coração de York, em Inglaterra, uma pequena livraria tornou-se o refúgio da jovem Loveday Cardew — o único lugar em que a tímida livreira se sente segura. Só aí pode cuidar dos livros da mesma forma que os livros cuidam de si, ensinando-a a entender os sentimentos que a inquietam: a solidão, com Anna Karénina; a alegria de viver, com A Feira das Vaidades; as paixões avassaladoras, com O Monte dos Vendavais. Depois de uma tragédia que lhe roubou tudo, uma infância passada com uma família de acolhimento e um relacionamento falhado, não é de admirar que Loveday prefira os livros às pessoas. Até que um dia, numa parada de ônibus, ela encontra um livro perdido. Em busca deste livro surge Nathan, um poeta que se deixa encantar pela jovem livreira mas que não consegue quebrar a sua barreira de gelo, a não ser com a ajuda de Archie, o excêntrico dono da livraria onde trabalha.
Mas é quando os livros da sua infância começam a aparecer misteriosamente na livraria, que Loveday terá de aprender a confiar nos outros, para descobrir quem será a pessoa do seu passado que está  tentando entrar em contato com ela.

Terá ela coragem para revelar a vida que, durante tantos anos, tentou esconder entre os livros?
....

Recomendo muito esse livro, é do tipo que conforta o coração.

Espero que gostem da dica
Beijos

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Fearless Girl - Garota Destemida

Oi xeente, tudo bem?

Vocês conhecem a história da Fearless Girl?


É uma escultura de bronze criada por Kristen Visbal e encomendada pela State Street Global Advisors através de McCann New YorkO objetivo inicial era representar uma menina latina que enfrenta a estátua do Touro de Wall Street.

Adorei a história e quero dividir com vocês. Eu adorei o fato de colocarem uma escultura de frente ao Touro de Wall Street localizado no distrito financeiro de Manhattan, é muito interessante pelo fato de ser um local dominado em sua maioria por homens, e a escultura é de uma menina, que mede aproximadamente 130 cm de altura e pesa cerca de 110 kg, enfrenta o Touro, uma estátua de bronze muito maior e mais pesada, que possui 3,4 metros de altura, 4,9 metros de comprimento e um peso de 3.200 kg. (Link https://pt.wikipedia.org/wiki/Fearless_Girl )



A questão é que as mulheres estão cada vez mais presente no mercado de ações e investimentos.  Uma mulher independete é muito bonito de se ver, ainda mais uma que compete 'punho a punho' com os homens, só que sem usar a força, somente com sua inteligencia.

Aqui do Blog, também quero divulgar isso, quero mostrar a história de muitas mulheres que estão chegando com toda força nessa area. Exemplo é minha amiga Brenda, da @mantovani_homework, no instagram dela vocês vão encontrar dicas de como trabalhar com MKT Digital, de como ter uma renda extra e dicas de investimento, vale a pena conferir.

No final vou deixar alguns links da Modal Mais que fala sobre as Mulheres no mundo dos investimentos. Meu intuíto é mostrar o quanto podemos nos independizar financeiramente, e não são apenas as mulheres, homens também podem, e devem, o que acontece é que a maioria não conhece sobre essa area, outros tem dúvidas, são poucos os que se interessam e buscam aprender sobre o assunto, digo mais, se engana quem pensa que é um mercado onde apenas rico pode investir. Isso é o eu quero, e vou mostrar pra vocês.

Links:
https://www.modalmais.com.br/mulheres?utm_source=InstagramStories&utm_medium=cpc&utm_campaign=mulheres_m_maiusculo&utm_term=18_03_19

https://lps.modalmais.com.br/mulheres-no-mundo-dos-investimentos

https://www.instagram.com/mantovani_homework/


Espero que gostem...

Beijos
Princesa de Moletom.

domingo, 11 de agosto de 2019

Meu primeiro aniversário sozinha...

Nova Historinha..

10.08 / 36 anos - Parabéns pra mim 🥳🥳🥳
Ontem foi meu dia, e pela primeira vez aproveitei ele comigo mesmo. Tomei meu Tereré, assisti minhas series, li meu livro, comprei um bolinho e me levei pra jantar....que dia lindo!

Eu só tenho motivos pra agradecer a Deus, e cada vez aumenta mais minha gratidão e minha Fé.
Tenho muito orgulho da pessoa que me tornei, Deus tem me moldado maravilhosamente, tenho minha família, meus amigos, e um pai que me cuida a cada segundo (Deus)...sem contar que sou linda, simpática, gostosa, inteligente e etc....kkk



Nunca imaginei que conseguiria ficar sozinha só comigo kkk, só de pensar nisso me tirava o sono, a depressão e a ansiedade tomavam conta. Ainda tem vários dias que choro e peço a Deus pra me ajudar, pra me dar forças pra seguir em frente.
Por outro lado fico pensando, por que demorei tanto pra conseguir fazer isso, ajudei tanta gente, mimei tantas pessoas, gastei meu dinheiro com que não merecia e quando chegava minha vez eu não tinha coragem de me dá um agrado. Hoje em dia já consigo, e ontem foi maravilhoso, igual o dia que fui na praia sozinha, no cinema, e muitas outras coisas, só de pensar começo a sorrir. As vezes quando sinto a ansiedade chegando desligo tudo, ajoelho e converso com Deus, em outros momentos apenas desligo tudo e fico olhando pro céu, escutando os barulhos e agradecendo, acho que nunca fui tão grata a Deus como sou hoje em dia, não é porque eu não tenha problemas nem dificuldades, até tenho algumas bem complicadas rss, mas hoje consigo acreditar mais em Deus, acho que isso é Fé.

Na verdade é uma luta diária entre a depressão, ansiedade e conseguir me manter com Fé, me manter firme em Deus, e não é nada fácil. Nossa cabeça é foda, mesmo quando estamos bem, buscamos algo pra pensar, até mesmo no simples motivo de estar bem, acho que isso é o normal do ser humano.

Eu nunca entendia porque meu amigo Ricardo conseguia e se sentia tão bem estando sozinho, sempre admirei isso nele, e hoje escutar dele que tem orgulho de mim é muito bom. Como algumas pessoas independentes, tipo minha irmã, minha amiga/vizinha, escutar de pessoas que eu sempre admirei esse dom, me darem parabéns por conseguir ficar comigo rss, é muito bom.

Agradeço muito a Deus pela minha vida, meus amigos e minha família.

terça-feira, 2 de julho de 2019

Mãe, vou virar sapatão!

Minha Mãe é muito engraçada, sempre estamos aprontando algo com ela.
Dia 30/06 foi o aniversário dela, e cada um mostra de um jeito o carinho, claro com uma foto que ela não gosta, com um apelido que no final, todos chamam ela, que ela também não gosta kkkk.

Dna. Onça... Rosangelinha.....Mãe Loira...Loira do banheiro....e muitos outros.

A questão é que sempre estamos rindo com ela, meus irmãos igual, sempre achamos um jeito de tirar ela do sério, é uma maneira nossa de demonstrar amor kkk.

Printei uma conversa dela comigo, pra mostrar aqui no Blogg.


























Quando ela fala "eu em", eu digo o Sávio pode, eu não (meu irmão é gay). O mais engraçado é minha mãe falar que minha irmã não virou sapatão kkkk, eu falo, a senhora que acha.
Claro, postei no status do Whats e nas minhas redes sociais....quando minha amiga vê que falei dela, vem reclamar kkk. É quando a gente conhece as "amizades" 😂😂😂.







Somos perfeitos na arte de sorrir juntos. 
Um do outro, um com o outro e um para o outro. 
Acho que nosso cupido não dispara flechas. 
Conta piadas.
Edgard Abbehusen


Até a próxima meus queridos 💋...

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Estou de volta...

Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Devido a uma leve recaída de depressão me afastei do blog. Agora estou de volta, e com mais histórias, também tive uma terceira operação pra retirar os pinos que faltavam da perna.

Meu intuito com o blog é compartilhar minhas histórias, fazer as pessoas rirem, e com sorte ajudar nesse tema tão complicado que é a depressão. Queria poder acolher todo mundo com essa doença, ou com ansiedade, ou quem apenas quisesse conversar, é muito duro passar por isso sozinha, embora a gente só queira isso, também é mais fácil conversar com quem a gente não conhece, do que com os amigos. Foi pensando nisso que procurei grupos no Facebook, achei dois "interessantes", digo isso porque as histórias são sempre um pedido desesperado de socorro. Conheci uma rapaz no grupo, um amor de pessoa, conversamos pelo Whats e trocamos histórias, o M.

Não sou uma pessoa muito sociável, até achei um livro que contava a história de uma menina assim kkkk, depois falo dele. Também não sou uma pessoa muito musical, que com musica se distrai rss, então imagina a cabeça como ficou, 10 meses parada por causa do acidente, sem saber se vou andar normal, ou vou ficar manca, e pra tudo é esperar e ter paciência, coisas que não tenho, mas obrigatoriamente estou aprendendo a lidar, na marra kkk.

Fora, a tentativa frustada de um namoro, que foi quase como uma prova grátis do netflix, durou um pouco mais que 30 dias kkkkk. Ai gente, não posso ver uma vergonha que já quero passar, levo na esportiva, depois de tanta merda que já me aconteceu, é o que resta.

Gente, tentem seguir em frente, mesmo que pra isso tenham que recomeçam todos os dias, eu sei como é doloroso, triste e solitário, mas tentem, e tenha fé em Deus, ajoelhem, rezem/orem, abram seu coração pra Deus....eu orava assim, senhor pelo amor de Deus me ajuda, afasta de mim todo tipo de desanimo, tristeza, medo, senhor afasta de mim todo tipo de desanimo, eu quero ser feliz, me ajuda meu pai, me mostra que  senhor é meu pai e cuida de mim, em nome de Jesus me ajuda.

Sei que lendo assim parece meio louco, mas eu fazia tooodos os dias quando chegava da fisio e não tinha ninguém em casa, chorava até, mas abria meu coração pra Deus. Hoje mesmo estava numa ansiedade que chegava a tremer as mãos. E assim vou seguindo, como diz a frase: Só por Deus mesmo.

Beijos
Sân
Princesa de Moletom.

domingo, 5 de maio de 2019

Sempre chocada com as compras no super -> Espanha.

Oi xeeente, tudo bem?

Sexta-Feira fui fazer compra né, e nunca deixo de me chocar com os valores daqui, é impossível não comparar com o Brasil, obviamente não podemos converter os valores.
Mandei as fotos pra uns amigos da minha compra, e eles ficaram de cara rss....é muito absurdo.
Ainda tem uns que perguntam, mas quanto que dá em real, não tem que converter, é como se no Brasil o salário fosse de mil, como o salario sendo de mil, aqui também.

Vamos lá pra algumas fotos...Chocolates, nossa amada Nutella, Picolés... prestem atenção nos valores, e na quantidade nas caixas de picolés kkkk.










Então, agora que vocês já ficaram com raiva rss, comentaremos... uma caixa de picolé, desses de rico, que no Brasil, 1 unidade sai quase 8 conto, aqui uma caixa com 6, custa 2 e pouquinho. Nossa Nutella abençoada, também 2 e pouco, aí no Brasil é quase metade do salário (exagero kkk). Sem falar nas barras normais de chocolates, que custam centavos. São muitas coisas que eu fico abismada com o valor, isso não é só na comida não, é em tudo.

Mas vamos lá, sobre minha compra... quanto vocês acham que paguei nessa compra da foto abaixo?

Resumindo: 2 tipos de carne vermelha, frango empanado, 2 pct de camarão, arroz congelado daqui, 1 pct de 600gr, outro de 1kg. Ovos (24un.), sorvete, 2 tipos de queijo, presunto, salame, feijão, arroz (vaporizado), macarrão, cuscuz, 2 tipos de leite, suco de laranja natural, 2 bandejinhas de bacon, 3 latas de milhos, 3 de massa de tomate, 3 de creme de leite, (cada 3 custa 1 euro), produto de limpeza pra casa, comida pra Bela (gata), cereais, 6 latas de atum, brócolis, um queijinho que vem com abacaxi e amêndoas...acho que tá tudo.
Acho que tá tudo na descrição...



Nessa compra gastei 73,57.




Não entendo como o Brasil sendo um dos maiores produtores, se não for o maior, de Carne, a gente paga tão caro ainda, e o leite, que a gente tem que ficar grudado na tv esperando passar as promoções. É indignante, isso que to falando de um salário de mil reais no Brasil, agora pensa, quem nem chega a ganhar isso, e ainda tem um monte de coisa pra pagar, filhos e etc.

Por isso eu falo, eu adoro o Brasil, mas a vida que tenho aqui é quase impossível que eu tenha aí. Aqui, eu como, visto, pago as contas e ainda ajudo minha mãe aí, e no Brasil? 
No Brasil, você come, tenta pagar as contas e a cada quantos meses você veste e se diverte.

Infelizmente a saudade, a solidão é o preço que a gente paga aqui, tentando ter uma vida melhor, no final das contas, tudo gira em torno do dinheiro. Acabamos perdendo parte da vida, tentando viver melhor.


Que Deus nos abençoe...
Beijos galera, ótima semana a todos.

domingo, 28 de abril de 2019

Aprendi a estar sozinha... e estou adorando!

Esses dias uma pessoa me falou que meu ex namorado (o ex de 3 anos) tinha perguntando de mim, queria saber como eu estava, então a pessoa aproveitou e me perguntou qual o real motivo do fim do relacionamento, perguntei, você quer saber minha versão no caso? Porque a que ele sempre diz, é que terminou porque eu era muito chata né? A pessoa respondeu, sim, isso que ele diz.
Então respondi o de sempre....eu entendo que ele diga isso, mas é complicado ser legal quando em 3 anos aparece, um filho de uma ex (que eu amo de paixão), a entrada na prisão, e no final o velho par de chifres. Observação: sou chata sim kkk.

(Em outro momento contarei sobre esse relacionamento)

O fato é, qual a necessidade de colocar sempre a culpa no outro?
Claro, ele errou em não me respeitar, mas tudo que ele fez foi porque eu permiti, se eu tivesse colocado um ponto final na primeira mancada, quem sabe a dor teria sido menor. Também não foram só maus momentos, ele me tratava muito bem, só que as dores foram maiores que os bons momentos. Eu sempre digo que já tive o bom e o ruim de um relacionamento, com meu ex de 13 anos, nunca passei o que passei com esse ultimo em 3 anos.

Graças a Deus estou 100% bem, aprendi a estar tranquila comigo mesmo, a ficar bem estando sozinha, descobri que a frase "sou feliz estando na minha companhia" existia de verdade. Foi um dos maiores motivos que me fizeram voltar pra Espanha, aprender a conviver comigo, no dia que fui no cinema sozinha foi como conquistar um premio... ok que tentei sair de casa antes e não consegui, voltei pra casa e chorei até, e de noite Deus encheu meu coração de confiança e fui kkk. Senti a mesma emoção, quando sentei em um restaurante pra comer sozinha rss, e muitas outras coisas.

Hoje posso dizer sem duvida que tem males que vem pra bem sim, e que também só existe duas maneiras de aprender as coisas na vida, ou pelo amor ou pela dor. Infelizmente a maioria das vezes pra mim foi na dor.



Hoje fico pensando, caralho (blog é meu posso falar palavrão rss) como eu aceitei aquilo, como eu me permiti isso? Porque o que mais me causava dor, era a falta de gratidão, de ter feito tanto pra alguém, e no final terminar como se fosse apenas mais uma. Mas o melhor de tudo é ver como aprendi a lição...hoje já não atropelaria ele, caso encontrasse na rua kkkk (não posso garantir).

Sabem por que, tem tanta gente solteira hoje em dia? Porque muitas delas aprenderam a não aceitar menos do que merecem, aprenderam a valorizar a si mesmo.

É o caso da minha irmã Sâmila, ela tem 27 anos, 9 anos mais nova que eu, e aprendeu muito antes de mim o que era estar bem sozinha, desfrutar da sua própria companhia. Hoje ela é formada, tem sua casa e mora sozinha. Eu não entendia porque ela não deixava, quase ninguém entrar na vida dela, porque ela escolhia tanto com quem se envolver... simplesmente porque ela entendia muito bem o que merecia, ela sabe qual é o seu verdadeiro valor, e no final das contas, ela tem quase tudo, ou seja, se o cara não vai aportar nada, pra que ter dor de cabeça.

Por mais mulheres assim, que saibam o seu verdadeiro valor.


Te Amo e tenho muito orgulho de você Sâmila.

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Livro: A sutil arte de ligar o f*da-se

Descrição

Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço. Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva — sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se. Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão. Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.



Minha Opinião
Comecei a ler esse livro por recomendação de uma amiga, eu já tinha escutado falar desse livro, mas como a maioria, julguei pela capa kkkk. Gostei bastante, realmente ele fala de tudo que já sabemos, MAS, que nunca colocamos em prática.
O próprio autor, no começo da carreira questionava sua maneira de escrever quando alguém comentava suas postagens. Na verdade, o autor defende que muitos parâmetros de sucesso existentes na sociedade são superficiais. São para esses valores que nós devemos ligar o foda-se, e assim poder dedicar nosso tempo e energia para as questões que são realmente importantes.
A linguagem é fácil de entender, ele fala abertamente de vários temas que tanto a gente se preocupa, e que na verdade não servem para nada, além de nos deixarem mais preocupados e tristes por não alcançar os objetivos que a "sociedade" impõem.
O que ficou marcado do livro, foi que ele diz que os problemas sempre vão existir, eles nunca acabam, cabe a gente decidir pelo que de verdade vale a pena sofrer.

Enfim, recomendo o livro!

domingo, 21 de abril de 2019

Aqueles pensamentos da madrugada...

Era 4h40 da madrugada, sexta feira santa, na verdade já era Sábado, mas eu só viro o dia quando durmo.
A cabeça tava um lixo, a parte de alguns problemas familiares (que não entrarei em detalhes pra não ser processada depois por eles kkkk), eu tinha ficado pensativa mais uma madrugada, pensativa no por quê de tá longe de casa....tipo, to bem demais aqui na Espanha (depois de 7 anos, claro), vivo bem, estou sozinha aqui por opção, por querer passar um tempo comigo (diga-se de passagem, sou boa companhia rss), mas qual era o real por quê?

Dinheiro! Esse é o verdadeiro motivo. 
A gente só sai da nossa casa, se é com a esperança de ter uma vida melhor. Foi esse o motivo de voltar pra cá, poder comprar um carro, cuidar da minha mãe, poder chegar no final do mês sem dever a metade do salário do próximo mês, complicado né?

Porém, o preço que você paga é muito alto, ficar longe de casa, do meu povo, e não é só isso. No tempo que estive aqui, perdi muitas pessoas especiais e isso não tem dinheiro que compense. 
Sexta-Feira minha mãe ia almoçar sozinha, me ligou, chorou e disse que se sentia muito sozinha, eu não estava lá, e meus irmãos tinham suas coisas, eu entendo eles, mas minha mãe tem tradições, como passar o Natal juntos, fim de semana ir comer com ela, Sexta santa comer peixe, eu não tenho nada contra isso, tudo que possa reunir a gente, pra mim vale a pena, somos apenas quatro e o mais importante é deixar minha mãe feliz.

A questão é, chega um momento que o que você achava que era certo já não é, por isso eu não tenho nenhum problema em mudar de opinião quantas vezes for necessário, o importante é tá com a cabeça tranquila e o coração em paz, e nesse momento não estou, penso que minha mãe está lá sozinha, penso que o tempo passa e cada dia longe, é um dia a menos. Mesmo sabendo que estou bem aqui, que vivo tranquilamente, muito diferente do Brasil diga-se de passagem, mas aqui não é minha casa e nem tenho meu povo junto comigo.

Como diz em um livro que estou lendo, os problemas nunca acabam, a gente só tem que decidir pelo que vale a pena sofrer.

Obrigada por lerem meu Blog.
Beijos...



quarta-feira, 17 de abril de 2019

Sorrisos que escondem Tristezas...

Ontem antes de dormir, estava lendo sobre o desabafo do YouTuber Whindersson Nunes sobre a depressão.
A parte que mais me chamou atenção foi quando ele disse:

"Eu sinto uma angústia todos os dias, todos os dias, algumas risadas, algumas brincadeiras e depois lá estou eu de novo com esse sentimento ruim. Me sinto mal por não poder me ajudar, mesmo eu às vezes ajudando alguém..."





A gente tenta desviar o pensamento conversando com outras pessoas, mesmo sem dizer o porque a gente chama os amigos pra fazer algo, só pra tirar o foco daquela tristeza sem motivo. O problema é que essa distração é momentânea, em algum momento a gente vai ter que voltar e encarar ela. O problema não está em conviver com a gente, se sentir bem na nossa companhia, nada dessas bobeiras. O vazio que a Depressão produz, vai muito além disso, vai muito além de classe social, ou qualquer uma das coisas, de quem não entende porra nenhuma do assunto, e inventam bobagens pra tampar a dura realidade dessa doença. Como os velhos clichês: "aí se anima/ não liga pra isso/ não pensa nisso..."

A maioria das pessoas que sofrem com isso, sempre está pronta pra escutar os outros, mais somos incapazes de estar a sós com nossos pensamentos, essa doença não mexe só com o psicológico, ela atinge todo nosso corpo, um cansaço sem fim, uma vontade de dormir, mesmo não tendo sono, e assim por diante. 




O maior motivo da criação do meu Blog, era poder ajudar pessoas com depressão e todo tipo de temas relacionados a isso.
Já toquei tão fundo nisso, já fiquei tão na merda tantas vezes, que me acho capaz de ajudar os demais, que seja pelo menos escutando seus desabafos, ou fazendo alguém rir com minhas outras histórias aqui do blog, sei lá.
No fundo, a gente só quer alguém que esteja do nosso lado, mas sem que a gente tenha que pedir. 

Boa Noite....

terça-feira, 16 de abril de 2019

Ele é gay, viado, bixa...

Acho que essa é uma das melhores histórias.
Meu irmão Sávio é gay, domingo foi o chá  Bar dele, quem diria rss...mas pra chegar nessa aceitação teve um tratamento de choque com na minha mãe kkk.

Meus amigos sempre falavam que ele era gay, desde pequeno já notavam, eu não kkkk....alguns pensavam que era porque foi criado com duas meninas, isso não convenceu muito, até porque eu e minha irmã não temos nada de meninas rss.
Quando voltei a primeira vez pro Brasil, fizemos uma aposta, eu e três amigos (Ricardo, Yure, Maycon)...eu e o Maycon apostamos que meu irmão não seria gay, os outros dois que seria gay. 
Já perceberam quem perdeu né kkkkk. Isso só saberíamos depois de alguns anos.




Já estando de novo na Espanha, conversando com meu irmão pelo Face ele me contou, quase tive um desmaio hahaha....não por que eu fosse contra, nunca fui contra nem nada, já brigava com outros muito antes disso, sempre defendi que cada um seja o que quer, mas que seja feliz.....continuando....ele me contou, eu no mesmo momento avisei o Ricardo (ainda éramos namorados) que eu tinha perdido a aposta kkk. Falei pro meu irmão esperar que eu quando voltasse conversaria com a mãe tranquilamente e assim ele teria alguém do lado dele.

A conversa não foi tranquila kkkkk....

Um dia sentada na sala de casa (nós três), escutando minha mãe falar novamente que meu irmão não parava em casa, que estava estranho, que isso que aquilo, coisas de mãe rss...eu cansada de escutar falei: 
ELE É GAY

Mãe: Que?
Eu: É viado, bixa, por isso que ele anda estranho.
Mãe: É verdade Sávio?
Sávio: Nesse momento acho que ele tinha desmaiado kkkkkkkk....saiu um simples miado da voz dele kkkkk.
Eu: E aí Mãe, o que a senhora vai fazer? Se vai expulsar ele de casa já fala, assim já me mudo com ele. 
E fui pro meu quarto, deixei eles conversando, joguei a granada e vazei kkkk.

No final das contas tudo saiu bem, ela aceitou de boa, demorou pra se acostumar com a viadagem dele kkk. Hoje em dia, minha casa tem mais viado que a parada gay e amo todos eles.


Sávio Te Amo!



Obs.: Quando uso as palavras, viado, bixa, viadagem é porque tenho essa liberdade, do contrário é ofensivo quando você não conhece a pessoa ok rss.



quinta-feira, 4 de abril de 2019

O que realmente importa na vida...

Faz 8 meses que estou me recuperando do acidente de moto.
Hoje decidi andar pra ver até onde a perna aguentaria. Coloquei a roupa de caminhada, comprei até um tênis confortável, coloquei a tornozeleira e fui....na metade do caminho já saiam lagrimas do meu olho de dor rss, mas continuei, até chegar no final e ver essa imagem linda.






Benidorm é lindo, sou apaixonada nessa cidade. As pessoas me perguntam, por que você quer voltar pro Brasil, aí se vive tão bem..... Exato!!! Aqui se vive muito bem, mas aqui não tenho meu povo.
Confesso que não sou uma pessoa muito familiar, mas gosto de estar com eles, meus amigos, sentar no meio fio, tomar meu tereré e jogar conversa fora. São coisas que provam que com pouco a gente pode ser feliz.

Agora mesmo, escrevo do meu apartamento olhando o mar, é lindo, mas trocaria isso sem pensar por estar em casa, exatamente na cozinha de casa, eu, minha irmã (Sâmila), meu irmão (Sávio), sentados na mesa tomando tereré e atormentando minha mãe (Rosangela) enquanto ela faz aquela comida gostosa, rindo das nossas palhaçadas. Era nossa parte da manhã de Sábado. 

Minha melhor amiga (Maristela), também é minha vizinha, moramos casa colada com casa, a gente bate na parede e ela sabe que é pra ir pra lá rss. Nossas famílias se tornaram uma só, nossos irmãos, os sobrinhos delas, são meus também, e isso é perfeito. Meu melhor amigo (Ricardo) sempre tá lá com a gente também, durante o dia sempre vai chegando um, seja amigo meu, ou amigo dos meus irmãos, eu adoro.

E por que eu to longe? Por causa de dinheiro! Infelizmente a gente não pode ter tudo, as vezes pra conseguir uma condiçãozinha melhor a gente tem que sair da zona de conforto. O segredo é desfrutar do caminho, em quanto estou aqui, eu aproveito o que posso desse paraiso de cidade, mas onde eu quero terminar mesmo, e no aconchego da minha casa com o meu povo.




* Viva sem pressa, um dia de cada vez. Controle sua ansiedade e desfrute as coisas boas que a vida oferece, não se prenda ao passado nem tente adivinhar o futuro, viva o presente que é onde tudo acontece. Não atropele o tempo, deixe-o passar!!* ;)
       Yára Uchôa Barreto








sábado, 30 de março de 2019

Quebrando Tabu

Xeeente, Quebrando o Tabu, vocês conhecem essa página?
Eu conheci ela pelo Face, e simplesmente AMO. Estarei deixando o link no final.
Hoje olhando o Face vi uma matéria que me chamou atenção, um grupo de Drag Queens doa mais de mil peças de roupas para moradores de rua (site razões para acreditar).

https://razoesparaacreditar.com/gentilezas/montadas-para-o-bem-grupo-de-drag-queens-doa-mais-de-mil-pecas-para-moradores-de-rua/?fbclid=IwAR0nptGtVzAf35b5dUIjLXWi5SqqVHMj2j1ejRWbmkrwW_aMfCHov0kdhCI



Adoro ver essas noticias, porque de verdade eu não sei em que se baseia algumas pessoas para terem tanto preconceito ao movimento LGBT, são pessoas normais, se vestem diferente ok, eu também me visto diferente de muitos, sempre penso que antes de você criticar outra pessoa pelo que seja você tem que ser melhor que ela.

A gente esquece, que quando apontamos o dedo em direção de alguém, outros três dedos apontam em nossa direção, já percebeu isso?

Me tira do sério quando começam a falar da tal "Família Tradicional", que Gay não pode adotar filho porque, vamos ver, o que ele pode ensinar pra uma criança? logo eu penso, sei lá, pra começar ele adotou uma criança que a tal "Família Tradicional", constituída por um homem e uma mulher abandonou, não é?

Eu poderia passar o dia inteiro falando disso rss. Eu adoro a frase: você não precisa ser Gay pra lutar contra a Homofobia.
Mas enfim, hoje só quero mostrar essa ação linda das poderosas, com os moradores de rua.





https://www.facebook.com/quebrandootabu/

https://razoesparaacreditar.com/